Ferramentas Pessoais
Você está aqui: Página Inicial Reitoria Notícias BRASSCOM vai incentivar a formação de profissionais em TI na Paraíba
Ações do documento
25/05/2011 às 18h12

BRASSCOM vai incentivar a formação de profissionais em TI na Paraíba

— registrado em:

"A entidade já está dialogando com organizações paraibanas sobre o mercado de TI no Estado", informou Sérgio Sgobbi.

A Paraíba já pode se considerar parte integrante do plano estratégico de investimento da Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom) para a região Nordeste.

A revelação foi feita, nesta terça-feira(24), pelo diretor de educação e recursos humanos da Brasscom, Paulo Sérgio Sgobbi, durante reunião, envolvendo lideranças da Prefeitura de João Pessoa, do Governo do Estado e do Instituto Federal da Paraíba.

A entidade, que congrega 36 empresas gigantes de TI, dentre elas IBM, Itautec, HP, Google, Intel e Microsoft, quer transformar João Pessoa em um centro especializado na formação e na capacitação de profissionais para o setor de tecnologia da informação.

Mas para isso se tornar realidade, a Brasscom terá de persuadir autoridades federais, estaduais e municipais sobre a necessidade de formulação de políticas benéficas para o setor de tecnologia da informação e comunicação(TIC).

A Brasscom também vai ter que fazer o dever de casa: influenciar suas associadas no sentido de investir nos estados que apresentarem vocação para o universo das novas tecnologias digitais.

Sérgio Sgobbi ressaltou que a Brasscom é uma entidade mediadora que orienta os governos, universidades, institutos, dentre outras organizações e suas associadas na tomada de decisões efetivas que gerem um ambiente competitivo, justo e ético para a indústria de TI. 

reuniao brasscomA proposta inicial despertou os participantes do encontro que reuniu o chefe de gabinete da Prefeitura, Alexandre Urquiza; o secretário estadual de educação, Afonso Celso Scocuglia; o diretor-geral do Campus João Pessoa do IFPB, Joabson Nogueira; a diretora-presidente da Cinep, Margareth Bezerra; dentre outros.

De acordo com o representante da Brasscom, a Paraíba vem despertando o interesse comercial dos dignatários das áreas de tecnologia da informação e da comunicação porque o estado reúne algumas condições privilegiadas para esse tipo de parceria. Ele frisou a localização geográfica, custo total das operações e investimentos se comparado com outras regiões do país.

Sérgio Sgobbi não escondeu o desafio da Brasscom de ajudar o mercado brasileiro de TI continuar no mesmo ritmo de crescimento do mercado internacioal: “Este ano, as nossas empresas estão investindo R$ 15 milhões na qualificação de pessoas para o mercado brasileiro”, informou ao nomear algumas demandas de trabalhadores que estão sendo beneficiadas tais como: analistas, líderes, gerentes de projetos, consultores, além de desenvolvedores de softwares, programadores e implementadores de redes de pequeno, médio e grande porte.

Além de investir pesado seus próprios recursos, a Brasscom vem consolidando o papel importante de fomento das políticas públicas com o setor privado e os mercados local e internacional. “Também estimulamos a cooperação entre os trabalhadores e suas entidades representativas”, acrescentou Sérgio Sgobbi.

O Projeto da Brasscom de transformar o Brasil em um polo de atração para data centers agradou o secretário de estadual de educação, Afonso Celso Scocuglia e o diretor-geral do Campus João Pessoa, do Instituto Federal da Paraíba, Joabson Nogueira, principais articuladores do encontro que aconteceu no gabinete do prefeito de João Pessoa, Luciano Agra. O tema vem formando um coro que reúne outras entidades e órgãos públicos a exemplo da Cinep e Fapesq.

Para aprofundar o tema sobre a capacitação de profissionais para o setor de tecnologia da informação na Paraíba está sendo agendado um seminário para os dias 21 e 22 de julho, na Estação Cabo Branco Ciência, Cultura e Artes.

 

* Por Filipe Donner - Jornalista