Ferramentas Pessoais
Você está aqui: Página Inicial Reitoria Notícias Centro de Referência planeja Mestrado Profissional
Ações do documento
23/05/2011 às 14h52

Centro de Referência planeja Mestrado Profissional

— registrado em:

A pós-graduação é de Gestão da Reinserção Social de Usuários de Drogas

Centro de Referência planeja Mestrado Profissional

Vania e outros professores da equipe de planejamento

A equipe interinstitucional de professores do Centro Regional de Referência para Formação Permanente de Profissionais da Rede de Atenção a Usuários de Crack e outras Drogas (CRR-IFPB) está enviando à Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) uma proposta de Mestrado Profissional em Gestão da Reinserção Social de Usuários de Drogas - MPGRSUD. O mestrado, que será o primeiro do Norte/Nordeste nessa área social, deverá realizar processo seletivo para a primeira turma no próximo semestre letivo, com início das aulas em 2012.

A proposta do mestrado atende a uma diretriz do Plano Nacional de Enfrentamento ao Crack e Outras Drogas que definiu como ações estruturantes a capacitação continuada dos profissionais da rede de serviços públicos voltada à atenção aos usuários de drogas. O projeto do Mestrado Profissional em Reinserção Social surgiu com a formação de um grupo de pesquisa interinstitucional articulado pelo CRR-IFPB.

A equipe interinstitucional responsável pela elaboração do projeto é constituída pelas professora do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB), Vania Maria de Medeiros, juntamente com as docentes Maria Inês Gandolfo, do Programa de Pós-Graduação em Psicologia, da Universidade de Brasília (UnB); Vânia Gico, do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e Maria Aparecida Penso, do Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Católica de Brasília (UCB).

O Mestrado terá como público-alvo os trabalhadores da educação, segurança pública, justiça criminal, infância e adolescência e as redes SUS/SUAS. A equipe vai articular uma rede de apoio a auto-sustentabilidade da proposta que incluirá o Governo do Estado, Prefeituras Municipais, Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad), Instituições Federais de Ensino Superior, Ministério Público, ONGs e entidades privadas.

Segundo a professora Vânia Gico, da UFRN, o projeto terá como área de concentração os estudos técnico-científicos em gestão da reinserção social, com três linhas de pesquisas: Prevenção ao Uso de Drogas nos contextos sócio-educativos; Recuperação Sustentável de Usuários de Drogas e Reinserção Social de Usuários de Drogas.

Na visão da professora Vania Medeiros, coordenadora do CRR-IFPB, a maior relevância deste projeto é a construção de novos paradigmas relacionados à dependência química, focando práticas profissionais e pesquisas aplicadas que visem promover uma maior eficiência nos serviços de atenção a crianças, adolescentes e jovens-adultos em situação de vulnerabilidade para o uso de drogas.

 

Crisvalter Medeiros (jornalista IFPB)