Ferramentas Pessoais
Você está aqui: Página Inicial Reitoria Notícias Curso no IFPB vai discutir Plano de Gestão de Resíduos Sólidos
Ações do documento
18/09/2012 às 13h45

Curso no IFPB vai discutir Plano de Gestão de Resíduos Sólidos

— registrado em:

Documento é pré-requisito para obter verbas federais para combater os lixões

Como tratar os lixões nas cidades e os riscos que estes depósitos a céu aberto causam ao meio ambiente e a saúde humana. Estas são algumas das questões que serão abordadas por especialistas no curso sobre Plano de Gestão de Resíduos Sólidos, que começa na próxima quinta-feira no IFPB em João Pessoa.

A partir de agora os municípios interessados em recursos da União para combater os lixões precisam elaborar um plano de gestão. O problema é que a maior parte dos gestores públicos desconhece esse procedimento.

O minicurso como elaborar um Plano de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos para Municípios será realizado no auditório do IFPB, localizado na Av. Primeiro de Maio, em Jaguaribe. A capacitação será ministrada pelos consultores nas áreas ambiental e empresarial Sérgio Pessoa Ribeiro e Arlinda Cézar, esta última também é bióloga e especialista em Educação Ambiental.

O objetivo é apresentar aos participantes um conjunto de diretrizes para elaboração de Planos de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos em conformidade com a lei. Dentro da programação haverá análise de casos práticos. Para conferir a programação completa clique aqui.

As inscrições podem ser feitas pelo e-mail atmambiental@hotmail.com ou pelos fones (83) 8899-1421 e (83) 3221-2283. O investimento inclui material didático, certificado e coffee break. Podem participar gestores municipais, consultores que trabalham com serviços urbanos, reciclagem ou manejo de resíduos e profissionais e estudantes que desejem expandir seus conhecimentos em resíduos sólidos. O minicurso é organizado pela ATM Consultoria ambiental com o apoio do IFPB e da Secretaria de Recursos Hídricos, Meio Ambiente e da Ciência e Tecnologia do Governo do Estado.

A Política Nacional de Resíduos Sólidos sancionada em 2010 entrou em vigor no dia 3 de agosto de 2012. De acordo com a PNRS, o governo federal fica impedido de liberar recursos para estados e municípios destinados a investimentos na área de resíduos sólidos, caso não sejam apresentados pelos interessados, os respectivos planos de gestão. A lei estabelece também que até 2014 os lixões devem ser substituídos por aterros sanitários.

Heranir Fernandes- Jornalista Ascom/Reitoria