Ferramentas Pessoais
Você está aqui: Página Inicial Reitoria Notícias Discentes do IFPB podem participar de Programas de Assistência Estudantil
Ações do documento
28/03/2011 às 13h04

Discentes do IFPB podem participar de Programas de Assistência Estudantil

— registrado em:

O edital disponibiliza vagas para programas de Alimentação, Moradia, Transporte e Iniciação ao Trabalho.

Discentes do IFPB podem participar de Programas de Assistência Estudantil

Publicados editais de Programas de Assistencia ao Estudante

Estão abertas, até o dia  15/04, as inscrições para os programas de Alimentação, Moradia, Transporte e Iniciação ao trabalho para estudantes dos nove campi do IFPB. O programa visa atender a alunos em condições de vulnerabilidade social. Acesse aqui os editais.

Para o programa de alimentação, estão sendo oferecidas 1.960 vagas em todos os campi, com exceção de Picuí. Já o programa de moradia estudantil, que visa assegurar ao estudante migrante as condições de acesso, permanência e conclusão do curso, estão sendo oferecidas 281 vagas, em todos os campi, com exceção de Cabedelo e Picuí. Para os programas de Transporte e Iniciação ao Trabalho são 385 e 518 vagas, respectivamente. Os campi de Cajazeiras, Picuí e Princesa Isabel não disponibilizam o auxílio transporte.

De acordo com a Chefe do Departamento de Assistência ao Estudante, Eliene Estevão, todos os alunos que se encontram em condições de vulnerabilidade social que estejam regularmente matriculado e frequentando os cursos presenciais podem se inscrever nos programas. Serão admitidos no programa estudantes que comprovem renda familiar de até 1,5 (um e meio) salários mínimos.

Os candidatos serão avaliados de acordo com critérios socioeconomicos, tais como: 

  • Renda familiar.
  • Número de dependentes.
  • Despesas da família com moradia.
  • Distância do domicílio de origem.
  • Situações de doença na família.
  • Situações de desagregação familiar

Os programas oferecidos pelo IFPB fazem parte do Plano Nacional de Assistência Estudantil (PNAES), promovido pelo Governo Federal, que visa dar subsídios à permanência de estudantes de baixa renda matriculados em cursos de graduação presencial das instituições federais de ensino superior (Ifes), contribuindo para a melhoria do desempenho acadêmico.


*Patrícia Nogueira – Jornalista do IFPB