Ferramentas Pessoais
Você está aqui: Página Inicial Reitoria Notícias Especialistas ambientais alertam gestores para responsabilidade com os lixões nas cidades
Ações do documento
21/09/2012 às 08h19

Especialistas ambientais alertam gestores para responsabilidade com os lixões nas cidades

— registrado em:

Eles ministram um curso até esta sexta-feira no IFPB

Mais de 90 por cento das cidades brasileiras ainda não elaboraram o Plano de Gestão de Resíduos Sólidos, que inclui o tratamento do lixo e reciclagem. A exigência está expressa numa lei federal que entrou em vigor no dia 3 de agosto deste ano. O resultado disso é que muitos gestores públicos podem ser responsabilizados por manterem lixões a céu aberto. O alerta foi dado pelo consultor nas áreas ambiental e empresarial Sérgio Pessoa Ribeiro, que ministra um minicurso no Campus do IFPB em João Pessoa.

 

Curso Gestão Resíduos SólidosA capacitação reúne até esta sexta-feira (21) um público formado por consultores que trabalham com serviços urbanos, estudantes e profissionais. As cidades e unidades da Federação tiveram dois anos para construir seus planos de manejo de resíduos, cuja criação está prevista na Lei nº 12.305/2010. “Isto expõe de uma forma muito perigosa os gestores públicos, talvez muito mais por desconhecimento do que por má fé” afirmou Sérgio Ribeiro.

Para a bióloga e diretora do Instituto Venturi para Estudos Ambientais, Arlinda César, que também falou aos participantes, é preciso recuperar estes materiais e fazem com que eles voltem para a cadeia produtiva. Pesquisas confirmam que cerca de 40% de todo o lixo produzido no Brasil são descartados de forma inadequada. “Estamos com os prazos vencidos. O desafio é conscientizar nossos governantes para a seriedade desse problema e trabalhar de forma integrada” disse a especialista.

A Política Nacional de Resíduos Sólidos determina que até 2014 os lixões sejam eliminados e transformados em aterros sanitários. Os municípios que quiserem ajuda financeira do governo federal para dar um destino adequado ao lixo, vão ter que apresentar um plano de gestão de resíduos.

O minicurso é organizado pela ATM Consultoria Ambiental com o apoio do IFPB e da Secretaria de Recursos Hídricos, Meio Ambiente e da Ciência e Tecnologia do Governo do Estado.

Heranir Fernandes- Jornalista Ascom / Reitoria