Ferramentas Pessoais
Você está aqui: Página Inicial Reitoria Notícias Estudantes e professora recebem menção honrosa em Congresso Internacional
Ações do documento
09/11/2011 às 11h39

Estudantes e professora recebem menção honrosa em Congresso Internacional

— registrado em:

Homenagem foi da Associação Multidisciplinar de Estudos sobre Drogas pela apresentação de trabalhos

Estudantes e professora recebem menção honrosa em Congresso Internacional

Evento foi no Rio Grande do Sul

A Comissão Científica do 3º Congresso Internacional da Associação Multidisciplinar de Estudos sobre Drogas (ABRAMD) concedeu menção honrosa à professora do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB) Vania Medeiros e aos alunos Dário Macedo Lima, Caroline Targino, Jaqueline Carla e Samara Amorim, do Curso Técnico Integrado ao Médio em Controle Ambiental, do Campus de João Pessoa, pelos trabalhos de extensão e pesquisa apresentados no evento.

Os alunos compõem a equipe do Núcleo de Estudos Transdisciplinares em Dependência Química (NETDEQ), da Pró-Reitoria de Extensão do IFPB, e participaram do evento com quatro trabalhos na área de prevenção ao uso de drogas. O grupo do IFPB foi o único de nível médio a apresentar trabalhos ao lado de estudantes de nível superior das mais renomadas universidades do Brasil e de outros países da América Latina.

Os trabalhos apresentados pelos alunos do IFPB foram elogiados por pesquisadores de renome na área da drogadição, a exemplo das professoras Ana Regina Noto, da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp); Helena Barros, da Universidade Federal das Ciências da Saúde de Porto Alegre; Eroy Aparecida da Silva, da Unifesp, e Bettina Grajcer. 

A participação dos alunos do IFPB no evento da Abramd, que este ano aconteceu no Hotel Dall’Onder, em Bento Gonçalves, no Rio Grande do Sul, incentivou a diretoria da entidade a criar uma nova modalidade de apresentação de trabalhos na categoria Pesquisa Júnior, que estará em evidência a partir do próximo Congresso.

Segundo a professora Vania Medeiros, essa premiação foi um estímulo ao protagonismo juvenil na área da prevenção ao uso de drogas. “O envolvimento dos jovens na pesquisa nessa área fortalece os vínculos do estudante com a aprendizagem constituindo-se, também, em um fator de proteção aos comportamentos de risco”, enfatizou.

Os estudantes, por sua vez, ficaram bastante surpresos com a repercussão que os seus trabalhos tiveram no evento. Em meio à comunidade científica, sendo alunos de nível médio, eles se perceberam com o mesmo potencial de produção acadêmica.

 

Crisvalter Medeiros – jornalista do IFPB