Ferramentas Pessoais
Você está aqui: Página Inicial Reitoria Notícias Expansão do IFPB: Presidenta Dilma anuncia seis novos campi
Ações do documento
16/08/2011 às 16h17

Expansão do IFPB: Presidenta Dilma anuncia seis novos campi

— registrado em:

Reitor João Batista e prefeitos já se reuniram com MEC para discutir a instalação em Guarabira, Catolé do Rocha, Esperança, Itabaiana, Itaporanga e Santa Rita

Expansão do IFPB: Presidenta Dilma anuncia seis novos campi

Presidenta Dilma na solenidade dessa terça

O reitor do IFPB, João Batista de Oliveira Silva, participou durante toda essa terça-feira, 16 de agosto, em Brasília, das atividades referentes à ampliação da rede federal de educação. Pela manhã, em solenidade com o ministro da Educação, Fernando Haddad, os reitores das Universidades e dos Institutos Federais de Educação Ciência e Tecnologia, a presidenta da República, Dilma Roussef, anunciou formalmente a criação das novas unidades em Guarabira, Catolé do Rocha, Esperança, Itabaiana, Itaporanga e Santa Rita.

Os prefeitos das cidades de Guarabira, Catolé do Rocha, Esperança e de Princesa Isabel também participaram do ato solene. Os Campi de Princesa Isabel, Cabedelo e Patos também foram anunciados na listagem daqueles que estão com prédios em construção. O Governador Ricardo Coutinho, que está apoiando essa nova etapa de expansão do IFPB para a Paraíba também esteve presente. Os prefeitos de todas as cidades envolvidas foram convidados pelo Palácio do Planalto.

“Foi uma cerimônia muito bonita, os discursos dos estudantes foram no sentido da construção de um Brasil progressista, inclusivo. A presidenta estava muito emocionada e reiterou que o país podia estar em uma posição mais avançada se o investimento em educação não tivesse sido uma pirâmide invertida, com mais recursos para o ensino superior do que o básico. Um tratamento mais equilibrado é o que está se buscando”, comentou o professor João Batista.

À tarde, foi realizada uma reunião com o reitor, o secretário de Educação Profissional e Tecnológica do MEC, Eliezer Pacheco, os prefeitos das cidades que vão receber novos campi do IFPB, os secretários de educação desses municípios, e a equipe técnica do Ministério da Educação que trata da expansão. “A equipe tratou de gestão, obras, finanças. Os prefeitos têm o compromisso de doar um terreno em uma área com infra-estrutura de água, energia elétrica, telefone. O prazo é de 150 dias. A partir do dia 18 de agosto, na página do MEC, já terá um documento com todos os critérios que as prefeituras precisam seguir”, explicou o reitor do IFPB.

O IFPB fez um estudo preliminar de quais cursos seriam adequados a cada município. Com a expansão, os 15 campi do IFPB vão alcançar as 12 regiões geo-administrativas de ensino da Paraíba, conforme orientação do MEC. Mas, audiências públicas em cada município também devem ocorrer para que a comunidade opine sobre a escolha dos cursos. O professor João Batista informou que deve ser feito um seminário local organizado pela Reitoria com os prefeitos, além de reuniões locais nas cidades, antes dessas audiências.

Para o funcionamento de cada campus, é necessária a contratação de cerca de 60 docentes e 50 técnico-administrativos, o que significa o ingresso de 660 novos servidores através de concurso público nos próximos anos. A primeira cidade a ter profissionais contratados será Guarabira porque já existia um projeto com recursos para um Centro Vocacional Tecnológico na cidade. Um curso técnico subsequente de Informática já está com inscrições abertas e no próximo ano começa o curso técnico integrado ao Ensino Médio em Contabilidade. Foi feita audiência pública na cidade para escolha dos cursos.

 

Texto: Ana Carolina Abiahy – jornalista do IFPB

Foto: Wanderley Pessoa - comunicação do MEC