Ferramentas Pessoais
Você está aqui: Página Inicial Reitoria Notícias Gestores ressaltam papel do IFPB em Monteiro
Ações do documento
08/06/2011 às 16h14

Gestores ressaltam papel do IFPB em Monteiro

— registrado em:

Reitor João Batista, prefeita Edna Henrique e o diretor Ricardo Lima apontam os benefícios da chegada da educação profissional federal no Cariri

Gestores ressaltam papel do IFPB em Monteiro

Obra já está em expansão

A inauguração oficial do prédio do Campus Monteiro do IFPB vai acontecer nessa sexta-feira, mas a história da instituição na cidade já é vista como trajetória de sucesso. Desde setembro de 2009, aulas já estavam acontecendo provisoriamente no Colégio Diocesano, e a atuação da instituição no município vem sendo vista como fator significativo para o desenvolvimento.

Para a prefeita de Monteiro, Edna Henrique, a instalação que coincidiu com o início de seu governo vem mostrando a face positiva da educação profissional e tecnológica de nível federal. “É mais do que importante. Para uma cidade pólo, como Monteiro, que cresce economicamente, a chegada do Instituto trouxe ainda mais movimentação e só contribui para o desenvolvimento”, declarou.

Segundo a prefeita, “a instituição veio com cursos que a cidade tem muita necessidade, como na área de edificações e como muitos vêm de outras cidades para estudar aqui, está beneficiando outras localidades”. Edna Henrique frisou que as instalações que estão sendo entregues na Vila Santa Maria estão de parabéns pela excelente qualidade. O Campus erigido próximo às margens da PB 264 foi orçado em cerca de R$ 5 milhões, mas já está passando por obras de expansão.

Edna Henrique ressaltou que a parceria entre a Prefeitura e o Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia da Paraíba já está sendo colocada em prática com os estágios que vêm sendo realizados por estudantes dos cursos técnicos de Manutenção e Suporte em Informática. Ela vislumbra que as obras da prefeitura também devem contar, em breve, com a presença de estagiários do curso superior de Tecnologia em Construção de Edifícios. A prefeita elogiou ainda o início do curso de Música, que está intrinsecamente ligado à essência da cidade, com tradição na área musical.

O Campus de Monteiro tem 606 alunos e o diretor-geral, Ricardo Lima e Silva, destaca que o link da instituição com a comunidade é intenso em ações na área de informática e educação física. Ele destacou os projetos de inclusão digital que o campus vem desenvolvendo, principalmente na capacitação de professores de escolas municipais. O conceito de escola solidária também vem sendo implantado com projeto no município de Sumé. A Igreja é parceira do IFPB em projetos com idosos. Bolsas de pesquisa e extensão estimulam o engajamento de alunos e servidores nessas iniciativas.

Para o reitor João Batista de Oliveira, a inauguração oficial de 10 de junho é “significativa porque entrega à sociedade aquilo que ela merece, de direito e de uma forma festiva”. O professor frisa que é a consolidação de um projeto que exigiu sacrifícios dos servidores pioneiros e dos estudantes. “Tiveram que ter perseverança porque começamos sem essa infra-estrutura física que hoje é um prêmio. Valeu a pena esperar porque a comunidade acadêmica recebe um palácio escolar onde muitos sonhos serão realizados”, declarou o reitor.

O reitor que capitaneou a instalação de seis campi avalia que a experiência já serve para os desafios do Plano de Expansão III que deve levar o IFPB para mais seis municípios. “Dessa vez, além dos gestores municipais, temos o apoio fundamental do Governo do Estado que já se reuniu conosco para analisar os projetos”, lembrou João Batista

 

texto: Ana Carolina Abiahy – jornalista do IFPB

foto: Petrônio Lins - técnico em audiovisual do IFPB