Ferramentas Pessoais
Você está aqui: Página Inicial Reitoria Notícias Grupo Técnico de Trabalho Interministerial discute matriz curricular do Curso de Pescador Profissional
Ações do documento
02/05/2012 às 18h43

Grupo Técnico de Trabalho Interministerial discute matriz curricular do Curso de Pescador Profissional

— registrado em:

O encontro está sendo sediado no IFPB nos dias 2, 3 e 4 de maio

Começou na manhã dessa quarta-feira, dia 2, a 3ª reunião Grupo Técnico de Trabalho Interministerial (GTI) de Formação e Capacitação Profissional dos Trabalhadores da Pesca. O encontro está sendo sediado no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB).

O evento que acontece nos dias 2, 3 e 4 de maio, tem como objetivo a elaboração da matriz curricular do Curso de Pescador Profissional (POP) que agregará conhecimentos do curso de formação de aquaviários (CFAQ-III-C/M), Ministrado pela Marinha do Brasil, e a inserção do conteúdo dos artigos e regras da Convenção Internacional sobre Padrões de Formação, Certificação e Serviço de Quarto para Tripulantes das Embarcações de Pesca (Convenção STCW- F/1995), tema relevante da Organização Marítima Internacional (IMO) da qual o Brasil é Membro.

O Reitor do IFPB, João Batista de Oliveira Silva, destacou a importância da parceria no sentido de contribuir para a construção de políticas de formação na área da pesca, compartilhando as experiências, para socializar o conhecimento. “É uma maneira de cada um fazer pouco, dando grande contribuição para um todo, principalmente quando se pensa em uma política de formação”, afirma.

Durante o encontro a Diretora do Centro Referência em Pesca e Navegação Marítima (CRPNM), Margareth Rocha, apresentou o projeto arquitetônico das futuras instalações do Centro em Cabedelo, bem como um relatório de todos os cursos e programas que estão em execução e os que estão por vir. Ela falou, ainda, da importância da implantação do Centro de Referência como oportunidade de inclusão social para a comunidade.

“O que é mais nos gratificante para a gente, é ver os pescadores, as marisqueiras, o pessoal da comunidade chegando ao Centro de Navegação e dizendo assim: ‘aqui é aminha segunda casa’, isso demonstra o quanto eles confiam no nosso trabalho, e em tudo isso que está sendo pensado aqui”, destaca a diretora.

O comandante, Flávio Leme avalia positivamente a implantação do CRPNM do IFPB. “Eu vejo com muita expectativa positiva porque toda atividade profissional para ser eficiente ela precisa do ser humano bem preparado, eu vejo aqui nascendo essa estrutura que vai dar todo o embasamento, todo o conhecimento para que o pescador possa executar com eficiência e segurança a sua atividade profissional”. Para ele, os conhecimentos adquiridos através dos cursos ofertados pelo Centro de Referência têm um valor muito grande em termos de inclusão social, valorizando a profissão.

O comandante de fragata, Jerônimo Buarque, falou da parceria entre o IFPB e a Marinha para proporcionar a capacitação de trabalhadores nessa área que está demandando cada vez mais mão de obra qualificada. “Temos um apoio mútuo em termos de material e de logística, atualmente nós cedemos salas de aula para os cursos que o IFPB ministra e recebemos apoio da Instituição, sempre que é possível, na realização de cursos, eventos e até mesmo de divulgação das ações Marinha e da mentalidade marítima aqui na Paraíba”.

Já o assessor de Gerência de Desenvolvimento de Ensino, Francisco Diocélio Alencar de oliveira, afirmou que o Centro de Referência do IFPB será credenciado e que vai contribuir muito para atender a essa demanda crescente e ao mesmo tempo descentralizar as atividades desenvolvidas pela Marinha, que, acumula as funções de ensinar, credenciar e fiscalizar. “A minha visão particular é ótima, fantástica, ideal. Na minha visão como perito da Diretoria de Portos e Costa (DPC) a Instituição de ensino é muito bem vinda porque vai atender a todos os prescritos, e será, com certeza, uma instituição que vai contribuir para que a Marinha consiga cumprir o seu papel de formação”.

O evento conta com a presença da secretária executiva do Ministério da Pesca e Aquicultura (MPA), Roseli Zerbinato; Conselheiro e relator GT – capacitação, Flávio Moraes Leme; Conselheiro coordenador GT – capacitação, Marco Aurélio Bailon; coordenador nacional de Políticas de Pesca, aquicultura, Portos e navegações, Edmar Almeida de Moraes; professor da Coordenação de recursos Pesqueiros e Agronegócios, João Vicente Mendes Santana; Coordenador técnico Pedagógico, Rodrigo Gomes; assessor de Pesca e aquicultura do Estado maior da Armada, Carlos Frederico Simões Serafim; Assessor de Desenvolvimento de Ensino profissional Marítimo da Diretoria de Portos e Costas, Francisco Diocélio Alencar de Oliveira, secretário de Pesca e Meio Ambiente de Cabedelo, Walber Farias Marques; a diretora do CRPNM professora Margareth Rocha, o pró-reitor de ensino do IFPB, Paulo de Tarso Costa Henriques e o pró-reitor de Administração do IFPB Carlos Alberto de Almeida.

Iris Souto Maior – Jornalista da Reitoria/Ascom