Ferramentas Pessoais
Você está aqui: Página Inicial Reitoria Notícias IFPB é primeiro colocado entre Institutos Federais do Norte e Nordeste
Ações do documento
18/11/2011 às 15h41

IFPB é primeiro colocado entre Institutos Federais do Norte e Nordeste

— registrado em:

Índice Geral de Cursos do Inep (Triênio 2008-2009-2010) também coloca instituição entre terceiro na Paraíba

Mais uma vez o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB) se destaca na Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica. A instituição obteve o primeiro lugar no Índice Geral de Cursos (IGC) entre os Institutos Federais da Região Norte e Nordeste e o 12º  na Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica no âmbito Federal.

Na esfera estadual, o IFPB também aparece em posição de destaque, ficando em terceiro lugar, no IGC divulgado nessa quinta-feira, dia 17, pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), do Ministério da Educação (Portaria INEP n. 420, de 16-11-2011, publicada no DOU de 17-11-2011). A Instituição ficou atrás apenas da Universidade Federal da Paraíba e da Universidade Federal de Campina Grande que obtiveram o primeiro e o segundo lugar respectivamente. As três Instituições de ensino citadas obtiveram o conceito 4.

A equipe da Pró-reitoria de Ensino está fazendo um levantando dos dados referentes a cada curso do IFPB que passou pela avaliação. Os dados do Inep sobre o IGC e o Conceito Preliminar de Cursos (CPC) de cada instituição avaliada podem ser acessados nesse link.

Para o pró-reitor de ensino Paulo de Tarso Costa Henriques, o resultado do IGC tende a melhorar nos próximos anos, visto que a cada ano novos cursos superiores do IFPB são avaliados, sempre mantendo resultados positivos. Os critérios de avaliação levam em conta as condições de ensino, as instalações físicas, o projeto pedagógico e o resultado dos alunos no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade).

“Mantemos a posição em terceiro lugar. O Enade leva em consideração um ciclo de três anos. Em 2010, só tivemos um curso avaliado. Por isso, nossa posição não se alterou. Mas, na próxima avaliação, esperamos uma mudança substancial porque nesse ano tivemos sete cursos avaliados”, destacou o professor Paulo de Tarso.

O IGC é uma das medidas usadas pelo Inep para avaliar as instituições de educação superior, públicas e privadas. O conceito da avaliação é expresso numa escala variável de um a cinco pontos. As instituições precisam obter pelo menos três pontos para atender de forma satisfatória. Abaixo de dois pontos a qualidade de ensino é considerada insatisfatória.

O MEC avaliou 2.176 instituições de ensino superior, sendo 229 públicas e 1.947 privadas, entre universidades, centros universitários e faculdades. O conceito 4 do IFPB foi alcançado por outras 130 instituições, sendo 65 públicas. O ministro Fernando Haddad considerou positivo principalmente o avanço na titulação dos professores.
 

Leia mais...

Indicadores de instituições e cursos estão disponíveis

Indicadores de avaliação de instituições revelam melhora de qualidade

Indicador de qualidade das instituições de educação superior

 

Iris Souto Maior e Ana Carolina Abiahy – Jornalistas do IFPB (também com dados da Ascom-MEC)