Ferramentas Pessoais
Você está aqui: Página Inicial Reitoria Notícias IFPB obtém nota máxima do Enade em 2 cursos
Ações do documento
07/12/2012 às 12h01

IFPB obtém nota máxima do Enade em 2 cursos

— registrado em:

Resultado foi divulgado pelo MEC.

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba conquistou quatro conceitos bastante satisfatórios no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade 2011). O resultado foi divulgado nesta quinta-feira (6) pelo Ministério da Educação.

Dos sete cursos do IFPB avaliados no exame nacional, obtiveram conceito 5 (a nota máxima) o Curso de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, do Campus Cajazeiras, e o Curso de Tecnologia em Redes de Computadores de João Pessoa. Os Cursos de Tecnologia em Construção de Edifícios e o de Engenharia Elétrica, ambos do Campus João Pessoa tiveram conceito 4. O índice do MEC varia de 1 a 5.

Cento e trinta e sete alunos do Instituto Federal fizeram as provas no dia 6 de novembro do ano passado. O Enade é um componente curricular obrigatório para os estudantes das áreas avaliadas. Sem a avaliação, o estudante não consegue obter o certificado de conclusão do curso.

O MEC divulgou ainda os Conceitos Preliminares de Curso (CPC). O índice leva em consideração aspectos como a nota dos concluintes e ingressantes no Enade, a nota de infraestrutura, professores doutores, mestres e professores com regime de dedicação integral ou parcial. 

Nesse conceito o Instituto Federal da Paraíba também apresentou resultados expressivos. O IFPB conseguiu nota 4 nos Cursos de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Campus Cajazeiras, e nos Cursos de Tecnologia em Construção de Edifícios, Redes de Computadores  e Licenciatura em Química,do Campus João Pessoa. Confira aqui a planilha detalhada.

O Diretor Geral do Campus João Pessoa, professor Joabson Nogueira disse que o resultado do Enade revela a qualidade do ensino que está sendo desenvolvida no IFPB. “É uma repercussão muito boa para os nossos estudantes e para a instituição. Esperamos que com esse processo  a gente vá melhorando cada vez mais e entregando a sociedade um profissional qualificado” revelou.

Ascom do IFPB