Ferramentas Pessoais
Você está aqui: Página Inicial Reitoria Notícias IFPB responde recomendação do MPF
Ações do documento
08/07/2011 às 16h09

IFPB responde recomendação do MPF

— registrado em:

O procedimento administrativo é referente à seleção para estágio na Cagepa

O Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB) recebeu, na tarde dessa sexta-feira, 8 de julho, ofício recomendatório da Procuradoria da República na Paraíba referente a um procedimento administrativo instaurado referente à seleção de estágio que está sendo realizado pela Companhia de Águas e Esgotos da PB (Cagepa) no qual alunos da instituição estão concorrendo. A recomendação do Ministério Público Federal era para que o IFPB emitisse históricos escolares aos alunos que concorrem ao certame, com notas nas disciplinas para compor um Coeficiente de Rendimento Escolar (CRE). O documento assinado pelo procurador Yordan Moreira Delgado pode ser acessado clicando aqui. Veja a página seguinte

O reitor do IFPB, João Batista de Oliveira Silva, remeteu memorando ao diretor-geral do Campus João Pessoa para dar ciência da recomendação do MPF, já que o procedimento administrativo toma por base documentos de alunos do curso técnico subseqüente em Edificações, com funcionamento na Capital. Clique para ver o documento assinado pelo reitor, solicitando as providências.

O diretor-geral do Campus João Pessoa, Joabson Nogueira de Carvalho, respondeu ao memo esclarecendo que esses cursos do Ensino Técnico Subsequente têm como parâmetro a avaliação por competências e por isso não atribui notas de 0 a 10 aos alunos. “Os projetos pedagógicos dos cursos técnicos de nossa Instituição foram construídos atestando a aquisição de competências. Não há, portanto, registro de notas. Os históricos são emitidos com identificação dos componentes curriculares cursados e a situação do aluno”, é o que diz o documento assinado pelo professor Joabson e que pode ser conferido na íntegra, clicando aqui.

Modelos de histórico do curso técnico subseqüente foram anexados para comprovar que a instituição emite o parecer “adquiriu” tal ou qual competência durante a disciplina, ao invés de um valor numérico. Legislação respalda o IFPB para a adoção das avaliações por competência, que nunca foram empecilho para a contratação dos alunos em estágios ou outras atividades. O responsável pela seleção da Cagepa é o Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE) que frequentemente faz intermediações de contratações de estágio com o IFPB. Os concorrentes às vagas na Cagepa já entregaram os documentos solicitados para a seleção durante a inscrição que foi encerrada no dia 4 de julho. O ofício do MPF data do dia 7 de julho.

A prova da Cagepa será realizada nesse domingo, 10 de julho, com vagas para os cursos técnicos em Eletrônica, Eletrotécnica, Mecânica, Meio Ambiente, Segurança do Trabalho e relacionados à área de Informática, bem como os superiores de Administração, Automação Industrial, Engenharia Elétrica, Tecnologia em Geoprocessamento, Gestão Ambiental, Química, Tecnologia em Redes de Computadores e cursos superiores relacionados à área de Informática. Há oportunidades para as cidades de João Pessoa, Campina Grande, Patos, Sousa e Cajazeiras.

 

Ana Carolina Abiahy – jornalista do IFPB