Ferramentas Pessoais
Você está aqui: Página Inicial Reitoria Notícias IFPB vai ministrar curso do Profuncionário para servidor da educação
Ações do documento
06/03/2012 às 19h13

IFPB vai ministrar curso do Profuncionário para servidor da educação

— registrado em:

Reunião entre Governo, pró-reitor, diretores de campi e Undime discutiu parceria que vai beneficiar funcionários do Estado e de prefeituras

IFPB vai ministrar curso do Profuncionário para servidor da educação

Diretores-gerais e de ensino participaram

Uma reunião na Reitoria do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia da Paraíba começou a traçar a atuação do Programa Profuncionário no Estado. Profuncionário é o Programa de Formação Inicial em Serviço dos Profissionais da Educação Básica dos Sistemas de Ensino Público e, como o próprio nome diz, visa à capacitação daqueles que trabalham em instituições públicas de educação. O IFPB já atuou de forma pioneira em um programa-piloto através de cursos à distância para capacitar profissionais da rede pública de ensino da Bahia, anos atrás. Com a institucionalização do Profuncionário, através de Decreto da Presidência da República, no ano de 2010, o IFPB passa a ter um papel chave na capacitação de trabalhadores das escolas estaduais e municipais paraibanas.

O pró-reitor de Ensino do IFPB, Paulo de Tarso Henriques, e diretores dos campi de João Pessoa, Sousa, Campina Grande, Patos e Guarabira, estiveram presentes para dar o pontapé inicial na empreitada. O programa vai funcionar através da Educação à Distância e por isso o coordenador da EAD do IFPB, Francisco Alves, também estava presente, e a nova servidora, Jesseka Feitosa, que deve coordenar o Profuncionário no âmbito da instituição.

O primeiro curso a ser oferecido deve ser o de Secretaria Escolar. Segundo a representante da Secretaria de Educação do Estado, Giselda Freire, a escolha é porque esse curso foi o mais apontado pelos servidores que preencheram um cadastro de interesse pela capacitação. Além de Giselda, esteve presente à reunião a representante da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), Maria do Socorro Trindade.

“Também esteve presente o representante do Conselho Estadual de Educação Rômulo Gondim e o próximo passo é formar a coordenação estadual, com os nomes das pessoas que serão responsáveis pela implantação do Programa”, adiantou Giselda Freire. Ela explicou que é preciso ser do quadro efetivo e ter o ensino médio completo para poder se inscrever no curso.

Segundo Jesseka Feitosa, o curso deve ter 1680 horas de duração, o que equivale a cerca de dois anos de duração. “Ele terá 80% da carga horária à distância e o restante nos pólos presenciais. Serão 17 módulos. A mesma equipe que atuou no Profuncionário de forma piloto com a Secretaria da Bahia deve atuar agora ministrando as aulas”, acrescentou a servidora do IFPB. Os professores devem ser pagos com bolsas do FNDE.

O levantamento da Secretaria Estadual de Educação apontou 481 servidores interessados no curso. De acordo com Jesseka, a maior demanda foi nas cidades de João Pessoa, Sousa, Campina Grande, Patos e Guarabira e por isso os diretores do IFPB nesses campi foram convocados para a reunião. “O IFPB está preparado ainda para ministrar os cursos de Infra-estrutura, de Alimentação Escolar e de Multimeios Didáticos. A expectativa é que até o segundo semestre se iniciem as inscrições para o curso”, adiantou Jesseka.

A reunião contou com os diretores Joabson Nogueira, Cícero Nicácio Lopes, Francisco Cicupira, Francisco Gurjão, Abdalah Salomão, Joseli Silva, Mary Roberta. Clique aqui para ver o decreto de criação da Política Nacional de Formação dos Profissionais da Educação Básica.


reuniao projessekafeitosa

Texto: Ana Carolina Abiahy / Fotos: Filipe Donner - jornalistas do IFPB