Ferramentas Pessoais
Você está aqui: Página Inicial Reitoria Notícias Internautas podem acompanhar inauguração do Campus Picuí pelo Twitter
Ações do documento
18/03/2011 às 05h17

Internautas podem acompanhar inauguração do Campus Picuí pelo Twitter

— registrado em:

Tudo pronto para o início das transmissões ao vivo.

O Twitter do Instituto Federal da Paraíba realiza hoje a primeira transmissão ao vivo, direto da solenidade de inauguração do Campus Picuí, prevista para às 10h00.

A ferramenta já está em uso experimental com o auxílio do Departamento de Tecnologia da Informação(DTI) e da Assessoria de Comunicação Social(Ascom).

Para operacionalizar a transmissão seguiram nesta manhã para as festividades de Picuí dois servidores da instituição: Júlio Zinga, técnico da DTI e Patrícia Nogueira de Carvalho, jornalista da Ascom.

A twitter do Instituto Federal da Paraíba conta com cerca de 400 seguidores e deverá dobrar esse número  nos próximos meses.

Espera-se que na transmissão de hoje, o internauta receba em primeira mão todos os fatos gerados na solenidade de inauguração do Campus Picuí. O twitter é uma ferramenta alimentada com dropes (pequenas notícias) e que o internauta acompanha o desenrolar dos acontecimentos por meio de notas inteligentes e de fácil leitura.

O servidor Júlio Zinga tranqüiliza os internautas, que vão acompanhar a inauguração de Picuí a distancia, afirmando que “o ambiente está preparado para a transmissão com o posicionamento do ícone do twitter no site do IFPB e montagem da estrutura de transmissão direta do local do evento”.

A jornalista Patrícia Nogueira colabora com a expectativa dessa primeira transmissão, apostando que os serviços de transmissão da internet na localidade vão colaborar para que os fatos fluam e cheguem ao internauta ao longo dos acontecimentos.

Para o reitor do IFPB, professor João Batista, o Twitter emerge no contexto institucional como um recurso estratégico de comunicação e não como modismo. “Por isso, entendemos que essa ferramenta está chegando, na hora certa, para dizer ao mundo que Picuí tem um campus do Instituto Federal da Paraíba”, acrescenta o reitor.

“A nossa administração vem sendo pautada por desafios”, comentou o professor João Batista ao falar sobre as demandas de comunicação social do IFPB para o ano de 2011. “A nossa idéia com o twitter é agregar valor à informação institucional e mostrar nosso potencial neste mundo digital cada vez mais competitivo e globalizado”, destaca o reitor.

Este ano, a Assessoria de Comunicação do IFPB implementará uma agência de notícias sob o auspício da Reitoria em articulação com os nove campi da Instituição. “Este desafio é parte integrante da política de comunicação social apontada pelo professor João Batista como suporte para socialização do conhecimento produzido no âmbito da nossa academia”, assinala o diretor-geral do Campus Campina Grande, professor Cícero Nicácio.

Neste contexto de exploração das ferramentas sociais, o Pró-reitor de Desenvolvimento Institucional e Interiorização Antônio Carlos Gomes Varela sugere que não basta apenas otimizar o site com uma linguagem que agrade aos internautas, que é mais inteligente do que pensamos, e investir milhares de reais em servidores de última geração. “A expressão de ordem neste quesito para se obter sucesso institucional é conteúdo relevante”, ressalta Varela ao insinuar que a partir de hoje o Twitter passa a ser um referencial na comunicação digital do IFPB.

 

* Filipe Donner - jornalista do IFPB