Ferramentas Pessoais
Você está aqui: Página Inicial Reitoria Notícias MEC avalia curso de Engenharia Elétrica do Campus João Pessoa
Ações do documento
30/05/2011 às 11h19

MEC avalia curso de Engenharia Elétrica do Campus João Pessoa

— registrado em:

A avaliação começa a partir desta segunda-feira dia 30

MEC avalia curso de Engenharia Elétrica do Campus João Pessoa

Estudantes do Curso de Engenharia Elétrica

A última etapa da avaliação do Curso de Engenharia Elétrica do Campus João Pessoa do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB) começa nesta segunda-feira, dia 30.

Nessa fase, a comissão designada pelo MEC/INEP, composta pelos professores Arnaldo José Perin da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e Jeferson Ortega da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), visitam as instalações físicas onde funciona o curso. A avaliação contempla basicamente três dimensões infra-estrutura corpo docente e projeto pedagógico.

Atualmente o Curso de Engenharia Elétrica conta com o Bloco I onde funcionam o laboratório de medidas em telecomunicações, o laboratório de telecomunicações, o laboratório de informática, as coordenações de Unidades Acadêmicas e salas específicas para professores e em breve será entregue o bloco II onde serão instalados um mini auditório e novos laboratórios.

“A expectativa é de uma avaliação bastante positiva que será decorrente de um trabalho que vem sendo realizado com muita dedicação por parte de todos os que compõem a Unidade Acadêmica de Indústria, sempre contando com o apoio da Direção Geral do Campus e da Reitoria”, ressalta o coordenador de Engenharia Elétrica, Alfredo Gomes neto.

Entre os pontos fortes do curso de Engenharia Elétrica destaca-se a titulação do corpo docente com mais de 85% de mestres e doutores, assim como a produção de diversos artigos em periódicos e a participação em eventos nacionais e internacionais.

Já entre os alunos, as atividades que mais tem ganhado visibilidade dentro da comunidade são o Programa de Educação Tutorial e o Ramo do IEEE.

 

* Iris Souto Maior – jornalista do IFPB