Ferramentas Pessoais
Você está aqui: Página Inicial Reitoria Notícias Prédio do Campus Picuí será inaugurado nesta sexta-feira
Ações do documento
14/03/2011 às 12h36

Prédio do Campus Picuí será inaugurado nesta sexta-feira

— registrado em:

Solenidade acontecerá a partir das 10h e faz parte das comemorações pelo aniversário de emancipação do município. Grupos musicais da região vão se apresentar

Prédio do Campus Picuí será inaugurado nesta sexta-feira

Obra custou mais de R$ 5 milhões

O Campus Picuí do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB) será inaugurado pelo reitor João Batista de Oliveira Silva e a diretora-geral Verônica Lacerda Arnaud junto com o prefeito Rubens (Buba) Germano, nesta sexta-feira, 18 de março, às 10h. A inauguração integra as festividades de aniversário de emancipação da cidade.

Todos os técnico-administrativos, docentes, estudantes e parceiros do IFPB estão convidados a participar do ato festivo. O Campus fica no acesso à Rodovia PB 110 e o evento terá participação da Filarmônica Coronel Antônio Xavier, de Picuí, e do grupo musical Fazendo Arte, de Nova Palmeira. Clique aqui para acessar o convite.

O investimento do Governo Federal na obra foi de R$5.958.215,18 com recursos da segunda etapa do Programa de Expansão da Rede de Educação Profissional e Tecnólogica. A Prefeitura de Picuí forneceu o terreno para a construção do prédio, bem como o projeto arquitetônico, desenvolvido pela empresa Arqui-i Iluminação, através das arquitetas Leila d’ Ângela e Elisana Dantas, e executado pela JS Construção.

A estrutura é composta por um bloco administrativo com 36 salas e banheiros adaptados para portadores de necessidades especiais. Os blocos edificados para atividades de ensino contemplam 58 salas, sendo 47 para salas de aulas e laboratórios, um mini-auditório e 10 salas para coordenações de cursos e de outras atividades didático-pedagógicas, além de oito baterias de banheiros, sendo duas adaptadas.

Muitos móveis e equipamentos que vão compor o patrimônio do Campus foram adquiridos no exercício passado. Segundo o diretor de Administração do Campus, Aguinaldo Tejo Filho, foram compradas 1.000 carteiras escolares, conjuntos de móveis para as salas administrativas, incluindo-se as coordenações de cursos. Cada conjunto é composto por mesas, armários e gaveteiro.

Para os laboratórios foram adquiridos uma estação total de topográfica Topcon, cinco GPS Garmim, 50 computadores para montagem e desmontagem, oito osciloscópios, 20 módulos didáticos de eletrônica digital, considerados “a menina dos olhos dos professores de eletrônica”, 30 multímetros digitais-analógicos, um capela de exaustão de gases em fibra de vidro, dois geradores de função, além datashows, impressoras a laser, telefones sem fio, quadros brancos para salas de aula e quadros de aviso, além de outros equipamentos.

As instalações contemplam uma estrutura moderna, adaptada as novas tecnologias, bem como um amplo espaço visando proporcionar um ensino de qualidade, como acontece tradicionalmente na Instituição. O Campus conta ainda com dois reservatórios de água, um com capacidade para 200.000l e o outro comporta um volume de 36.000l de água. No estacionamento, há vagas para 132 veículos sendo 104 carros e 28 motos. Já há projetos de expansão para um grande Auditório.

Aulas desde 2009

As atividades letivas em Picuí tiveram início desde setembro de 2009, no Complexo Municipal Cônego José de Barros, cedido pela prefeitura e contando com funcionários também do município, enquanto as obras do prédio definitivo estavam se desenvolvendo. Hoje, são cerca de 700 alunos distribuídos no curso superior de Tecnologia em Agroecologia; nos técnicos subseqüentes em Mineração e em Manutenção e Suporte de Informática; e nos Integrados ao Ensino Médio em Edificações e em Manutenção e Suporte de Informática.

 

Iris Souto Maior e Ana Carolina Abiahy – jornalistas do IFPB