Ferramentas Pessoais
Você está aqui: Página Inicial Reitoria Notícias Prefeito de Esperança visita Reitor João Batista
Ações do documento
12/07/2011 às 16h00

Prefeito de Esperança visita Reitor João Batista

— registrado em:

Nobson Pedro veio se informar a respeito dos procedimentos para a instalação do Campus do IFPB previsto para o município

Prefeito de Esperança visita Reitor João Batista

Nobson Pedro e João Batista no gabinete

Com o anúncio do Plano de Expansão III, que deve levar o Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia da Paraíba para mais seis municípios, a expectativa dos prefeitos já aumenta. Nessa terça-feira, o prefeito de Esperança, Nobson Pedro de Almeida, esteve na Reitoria acompanhado da secretária de Educação do município, Marilena Diniz, e da assessora jurídica, Gorete Brito. O objetivo era uma reunião informal com o reitor João Batista de Oliveira para saber a respeito dos trâmites que podem facilitar a instalação do IFPB no município do agreste paraibano.

Esperança é um dos municípios previstos para a instalação de um campus do IFPB, juntamente com Guarabira, Catolé do Rocha, Santa Rita, Itaporanga e Itabaiana. O anúncio oficial ainda deve ser feito pela presidenta Dilma Roussef e por isso o reitor João Batista foi cauteloso na maioria das orientações repassadas ao gestor do município.

A conversa girou, principalmente, em torno da construção do prédio para o Campus e também sobre os cursos a serem implantados. O prefeito disse que uma área de seis hectares já foi analisada para ser doada à instituição com fins à construção do Campus. Segundo Nobson Pedro, a localidade é a mesma onde a administração municipal pensa em construir uma Vila Olímpica, com equipamentos de lazer, a exemplo de ginásio e centro cultural.

O reitor João Batista comentou que a área precisa ser bem avaliada, sob o ponto de vista da engenharia, para evitar custos com terreno acidentado e com infra-estrutura básica. O professor lembrou ainda que, no último projeto de expansão, as prefeituras de Monteiro, Picuí, Patos, Princesa Isabel e Cabedelo também colaboraram com os projetos arquitetônicos.

João Batista comentou também acerca do estudo preliminar realizado sobre a região compreendida por Esperança e que apontou a forte vocação na área de Gestão e Comércio. “Além disso, para qualquer cidade, a área de Informática é uma necessidade, assim como a formação de professor. Mas, toda escolha passa por uma análise dos arranjos produtivos locais”, comentou o docente.

O projeto do IFPB trabalha com a ideia de ofertar cursos de Gestão Comercial, Contabilidade, Informática, Segurança do Trabalho, Matemática e Agente Comunitário de Saúde. Mas, o reitor João Batista frisou que uma audiência pública, onde a comunidade pode se expressar sobre os cursos que deseja, faz parte do rito para a instalação de qualquer campus do Instituto Federal.

Equipe prefeitura Esperança

O prefeito mostrou-se inteiramente à disposição para visitas das equipes do IFPB e declarou “quem tem mais expectativa e é mais ansioso com a chegada sou eu”. A secretária de educação comentou que o IFPB na cidade vai servir para atender grande parte dos jovens que se deslocam até Campina Grande para estudarem na Escola Técnica Redentorista, devido à proximidade de 24 km entre os municípios. “Esse começo, mesmo com custo para o município, com um prédio ainda cedido, sem ser definitivo, serviria de ânimo para os jovens que anseiam por isso. E eles também seriam fiscais dessa obra, melhor do que esperar”, opinou a assessora jurídica. O reitor João Batista dialogou acerca dos desafios da implantação dos campi e preparou os gestores para as etapas que ainda devem vir nesse processo de expansão.

 

Ana Carolina Abiahy (texto) e Mercyo Costa (fotos) – Equipe Ascom IFPB