Ferramentas Pessoais
Você está aqui: Página Inicial Reitoria Notícias Professora do IFPB realiza sonho de ser mãe e passa a incentivar a adoção
Ações do documento
12/05/2012 às 19h57

Professora do IFPB realiza sonho de ser mãe e passa a incentivar a adoção

— registrado em:

Lenilde Cordeiro é presidente do Grupo de Estudos e Apoio à adoção de João Pessoa

Um presente de Natal e um sonho realizado. Foi o que a professora do Instituto Federal de Educação da Paraíba, Lenilde Cordeiro Gonçalves de 49 anos, sentiu em dezembro de 2001 depois de adotar Leonardo. De lá pra cá, a vida teve um significado ainda maior.

O estudante, hoje com 12 anos, é o único filho de Lenilde e do professor do IFPB Cleóbolo Lima. Na época, o casal se habilitou na Vara da Infância da capital e conseguiu efetivar a adoção. “Foi amor à primeira vista” diz emocionada a professora. Nos primeiros anos da vida a dois, o casal descobriu que não podia ter filhos. Mas isso não desanimou a família, que decidiu partir para a adoção. A criança que veio de uma instituição de apoio é a alegria da casa.

Leonardo cursa o sétimo ano num colégio particular e pretende fazer vestibular para arquitetura. O tempo, ele divide entre os estudos e a música, uma de suas paixões. “Ele está aprendendo teclado e desperta uma veia artística que nos enche de orgulho” diz a mãe.

Esta história fez a professora abraçar uma causa ainda maior. Atualmente Lenilde é presidente do Grupo de Estudos e Apoio à Adoção de João Pessoa, que incentiva esta prática e atua na prevenção ao abandono de crianças e adolescentes. O GEAD se reúne toda primeira terça-feira de cada mês no Conselho Tutelar Norte, no bairro dos Estados. Para esta paraibana de São João do Cariri, o filho foi o melhor presente de Deus.

A família pretende realizar um desejo do adolescente, que é conhecer a mãe biológica. “Nós apoiamos a decisão dele e respeitamos essa vontade” afirma Lenilde. “Queremos compartilhar nossa felicidade e mostrar, que com amor e dedicação, se constrói uma vida melhor” concluiu.