Ferramentas Pessoais
Você está aqui: Página Inicial Reitoria Notícias Professores aprovam laboratórios da Cidepe
Ações do documento
25/10/2012 às 11h38

Professores aprovam laboratórios da Cidepe

— registrado em:

A quantidade de ferramentas e o mundo de possibilidades de experimentos deixa os professores otimistas

O evento de instalação dos laboratórios de Física, Matemática, Química e Biologia no Campus Patos repercutiu bem entre os professores e diretores administrativos que acompanharam a apresentação da Cidepe.

O professor do Campus Patos Álvaro de Medeiros Maciel destacou a importância das ferramentas para a vida acadêmica principalmente porque poderão ser usados no Ensino Médio e Superior.

laboratório 18O diretor de ensino do Campus, professor Hélio Rodrigues de Brito, informou que os alunos estão fazendo muita expectativa dos laboratórios. “Estamos vivendo bons momentos no IFPB em Patos com as novas instalações físicas e agora com os nossos laboratórios”, destaca Brito.

O veterano professor e físico do Campus João Pessoa Chico Nobre defende a física como tema central no ensino da ciência e da tecnologia. Ficou impressionado com a quantidade de equipamentos e as novidades para o laboratório de física.

“Manipulando estes equipamentos atualizados e fazendo suas experimentações os nossos alunos vão compreender melhor a essência dos fenômenos naturais e entender as rápidas mudanças tecnológicas da sociedade contemporânea potencializando sua formação profissional.

Ele disse que é comum nos tempos atuais os alunos abraçarem a parte prática integrando-se mais aos laboratórios do que ao ensino da velha teoria, melhorando o seu relacionamento com a disciplina Física.

Nobre apontou o colchão de ar, o banco óptico, gerador de Van der Graaff, dilatrômetros, calorímetros e as ferramentas básicas de eletromagnetismo como as principais inovações que vão fazer do Campus Patos centro de excelência e referência para os demais campi do IFPB.

Com o colchão de ar, por exemplo, o professor Nobre disse que empresa fabricante recomenda 15 experiências, mas ele pode inovar de imediato indo até 22 experimentos.

Os professores Marcelo Garcia (Biologia) e Ane Jossana (Química) do Campus Cabelo participaram dolaboratório 41 evento no Campus Patos e fazem expectativa de que em breve os demais campi do IFPB possam contar com laboratórios similares.

O professor Garcia gostou do laboratório de Biologia, pois segundo ele a empresa oferece um kit simples, porém completo para que sejam trabalhados conteúdos voltados para o Ensino Médio e Superior na área de microbiologia.

A professora Jossana observou o compromisso da empresa Cidepe na entrega dos equipamentos, montagem e treinamento dos professores.

Os professores Garcia e Jossana destacam a importância emergencial da construção do Campus Cabedelo e aquisição, em tempo hábil, dos laboratórios para minimizar algumas inconveniências naquela unidade de ensino do IFPB, na cidade portuária. “Hoje, por exemplo, as minhas aulas de laboratório acontecem no Campus João Pessoa”, finaliza.

Os professores Cícero Demétrio e Bruno Formiga que atuam no Campus Monteiro retornaram para suas bases visando persuadir o gestores no sentido de aderir a proposta do pró-reitor de administração Carlos Roberto.

laboratório 38Hermes de Oliveira Machado Filho, técnico do laboratório de Biologia do Campus João Pessoa, enalteceu o evento e as ferramentas apresentadas as quais classificou como tecnologia de ponta.

“O fato de ser fabricado no Brasil e receber assistência técnica do fornecedor em situações de emergência é um distintivo a ser considerado pelo IFPB”, complementa Hermes ao citar que o ensino flui dentro de um calendário acadêmico que não pode ser interrompido por causa de problemas técnicos nos equipamentos instalados nos laboratórios.

 

Filipe Donner - Coordenador de Comunicação Social/Reitoria