Ferramentas Pessoais
Você está aqui: Página Inicial Reitoria Notícias Professores de inglês podem se inscrever para aperfeiçoamento nos EUA
Ações do documento
23/07/2013 às 11h25

Professores de inglês podem se inscrever para aperfeiçoamento nos EUA

— registrado em:

Curso terá todas as despesas pagas. Chance é para quem trabalha na rede pública de ensino e inscrição deve ser feita até 25 de julho

Uma oportunidade para docentes interessados em aperfeiçoar o conhecimento na língua estrangeira. A Comissão Fulbright, a Embaixada dos Estados Unidos e a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) vão selecionar até 540 professores de língua inglesa da rede pública de ensino, de cada um dos estados e do Distrito Federal, para um curso de seis semanas nos Estados Unidos. O curso será realizado de 13 de janeiro a 21 de fevereiro de 2014.

O Programa de Desenvolvimento Profissional para Professores de Língua Inglesa nos EUA (PDPI) busca: fortalecer a fluência oral e escrita em inglês, compartilhar metodologias de ensino e avaliação que estimulem a participação do aluno em sala de aula, estimular o uso de recursos online e outras ferramentas na formação continuada de professores e na preparação de planos de aula. Estão cobertos pelo PDPI custos com o curso, alojamento, alimentação, seguro saúde, passagens aéreas de ida e volta, visto J-1, taxas e materiais escolares, além de uma ajuda de custo. Clique aqui para ter acesso ao edital com todos os dados.

Para se candidatar os professores precisam:

-Possuir nacionalidade brasileira e ser residente permanente no Brasil;

-Ser professor de inglês em exercício, efetivo na rede pública de ensino básico, com estágio probatório concluído;

-Preencher o formulário on-line; e

-Realizar o teste gratuito TOEFL ITP

Para se inscrever, o candidato deverá cumprir os requisitos no edital e preencher o formulário de inscrição online até o próximo dia 25 de julho, anexando a documentação complementar solicitada. Outras informações: http://www.fulbright.org.br/content/view/128/169/ 


Ascom do IFPB com informações da Comissão Fulbright