Ferramentas Pessoais
Você está aqui: Página Inicial Reitoria Notícias Pronatec lança edital para professores em Cabedelo e Picuí
Ações do documento
29/07/2013 às 18h21

Pronatec lança edital para professores em Cabedelo e Picuí

— registrado em:

Inscrição é de 30 de julho a 5 de agosto. São quase 80 disciplinas

A Pró-Reitoria de Extensão (Proext) do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB) abriu seleção interna para professores do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) nos campi de Cabedelo e Picuí. É possível se inscrever de 30 de julho a 5 de agosto.

Essa seleção é apenas para pessoas do quadro do IFPB, inclusive inativos e quem está em colaboração técnica. As inscrições devem ser feitas nos respectivos campi. São 40 disciplinas em Picuí com necessidade de professor nos cursos de Cuidador de Idoso, Apicultor, Auxiliar de Biblioteca e Pedreiro de Alvenaria.  Em Cabedelo, são mais de 30 vagas para seis cursos.

Acesse nesse link o edital de Picuí e os anexos.  

Acesse nesse link o edital e os anexos referentes a Cabedelo.

O professor é pago através de recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). A hora-aula é no valor de R$ 50 e a carga horária das disciplinas varia. Os cursos são de Formação Inicial e Continuada (FIC) com curta duração e voltados para a qualificação profissional.

A seleção é feita mediante análise curricular. Mas para quem não tiver licenciatura ou a comprovação documental de que ensina há um ano, pelo menos, será feita uma prova de desempenho didático-pedagógica, também.

Entre as áreas de formação exigida para a docência nesses cursos estão: Agronomia, Enfermagem, Odontologia, Psicologia, Serviço Social, Direito, Arquitetura, Letras, Administração, Biblioteconomia, Informática, Sociologia, Filosofia, Meio Ambiente, Turismo, Moda, Gestão de Negócios, Gestão Ambiental, Biologia, Medicina Veterinária e Comunicação Social.

Mesmo sendo do quadro do IFPB, os candidatos devem atentar para a entrega da documentação obrigatória, comprovando tempo de serviço, titularidade, sem esquecer dos documentos pessoais e de informar a disciplina pretendida para lecionar, juntamente com o curso, na ficha de inscrição.

 

Ana Carolina Abiahy – jornalista do IFPB