Ferramentas Pessoais
Você está aqui: Página Inicial Reitoria Notícias Representantes de Guiné-Bissau visitam o IFPB
Ações do documento
11/08/2011 às 12h34

Representantes de Guiné-Bissau visitam o IFPB

— registrado em:

O objetivo é que novos convênios sejam firmados junto ao país africano.

Representantes de Guiné-Bissau visitam o IFPB

Joaquim Correia, Raimundo Djoco e Prof Paulo de Tarso

O IFPB recebeu na tarde desta quinta-feira, dia 11, a visita de representantes do país africano Guiné-Bissau. O Presidente da ONG “No Djuda No Ermon” (Ajudemos os nossos irmãos), Joaquim Correia e o aluno do IFPB, Raimundo Djoco, foram recebidos pelo Reitor em exercício, Prof Paulo de Tarso Costa Henriques.

Durante a conversa foi levantada a possibilidade da criação de novos convênios para trazer estudantes de Guiné-Bissau para os cursos técnicos e superiores do IFPB. De acordo com o Prof. Paulo de Tarso, o Instituto tem interesse em expandir os convênios com países estrangeiros.  “Já temos experiência em intercâmbios e a ideia é ampliar a oferta”, afirmou Paulo. O reitor em exercício afirmou também que os cursos do IFPB estão no topo do ranking do MEC em termos de qualidade e por conta disso são cada vez mais procurados. “Com a nossa expansão, esperamos, até o final de 2012, estar operando em 15 cidades, atendendo a cerca de 20 mil alunos”, disse.

Atualmente existem 04 alunos de Guiné-Bissau freqüentando os cursos do Instituto. Se a parceria for firmada, a intenção é receber cerca de 10 estudantes daquele país por ano. “Somos um país de economia agrária e não temos tanta estrutura para o ensino”, comenta Joaquim Correia, que morou quatro anos no Brasil, mas é a primeira vez que vem ao IFPB. “A impressão que eu tive daqui foi a melhor possível, pois sempre ouço falar da qualidade de ensino ofertada por este instituto”, revelou o guineense.

Com a característica agrária de Guiné-Bissau, vários cursos oferecidos pelo Instituto podem se encaixar no perfil dos estudantes, como agroecologia, agropecuária, mineração, petróleo e gás ou até mesmo os novos cursos que serão implantados na área de gestão.

O IFPB, através da Assessoria para Assuntos Internacionais, enviará um documento com uma proposta de convênio para que seja analisada e posteriormente colocada em prática. Ao final da visita foram entregues os folders dos cursos técnicos e superiores e também uma revista informativa sobre os institutos federais.

*Patrícia Nogueira - Jornalista do IFPB - 11/08/2011