Ferramentas Pessoais
Você está aqui: Página Inicial Reitoria Notícias Resultado parcial do Probext é divulgado
Ações do documento
11/04/2013 às 15h36

Resultado parcial do Probext é divulgado

— registrado em:

Inscrições de projetos foram para vagas remanescentes de bolsas de extensão. A análise dos recursos deve sair no dia 16 de abril

Resultado parcial do Probext é divulgado

Prédio da Proext no centro da Capital

A Pró-Reitoria de Extensão (Proext) do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB) publicou o resultado parcial das avaliações dos projetos submetidos ao Programa Institucional de Bolsas de Extensão (Probext). Os projetos de servidores e discentes são referentes ao Edital Proext N.º 009/2013, com vagas remanescentes.

De acordo com o edital, também foram lançadas novas datas nessa seleção. Para interposição de recursos, os inscritos têm os dias 11 e 12 de abril. A análise desses recursos deve sair no dia 16 de abril e o início das atividades no Probext já é no dia seguinte. Clique aqui para ter acesso ao documento.

Na categoria servidor, há três classificados com bolsa em Cajazeiras de 11 projetos apresentados. Em Guarabira, foi selecionado um com bolsa entre três inscritos. Em Picuí, há um projeto classificado e foram inscritos dois. Em João Pessoa, apenas um projeto obteve bolsa entre oito inscritos. Em Patos, o único apresentado não se classificou.

Para estudantes, em Cabedelo, há um projeto com bolsa selecionado entre quatro apresentados. Em Cajazeiras, oito estudantes devem ter direito à bolsa entre 12 projetos inscritos. Em Campina Grande, os dois projetos inscritos não se classificaram. Em Guarabira, não houve inscritos. Em Patos, há um classificado entre dois que se inscreveram. Em Picuí, há um classificado entre três inscritos. Em Princesa Isabel, os quatro projetos inscritos tiveram a bolsa aprovada. Em João Pessoa, há cinco projetos aprovados com bolsa para alunos entre 12 apresentados.

Muitos projetos foram classificados, mas não conseguiram ficar com pontuação suficiente para obter a bolsa. A maioria dos não-classificados se deve à falta de observância de algum item do edital. A bolsa para estudantes é no valor de R$ 300 mensais e para técnicos ou professores é de R$ 500 mensais. Os projetos revelam a variedade de temas em discussão no âmbito do IFPB.

 

Ana Carolina Abiahy – jornalista do IFPB