Ferramentas Pessoais
Você está aqui: Página Inicial Reitoria Notícias Seleção Pública para orientador do Pronatec em Guarabira
Ações do documento
15/07/2013 às 11h09

Seleção Pública para orientador do Pronatec em Guarabira

— registrado em:

Inscrições até dia 21 de julho. Para se candidatar o profissional deverá ter formação em Libras

Estão abertas até o dia 21 de julho as inscrições para a seleção pública de profissionais para ocupar o encargo de bolsista – orientador do Pronatec no Campus Guarabira.

Há duas vagas disponíveis. É necessário ter formação na área de Libras, para atuar como intérprete. As inscrições estão sendo realizadas através do e-mail pronatec@ifpb.edu.br, com o assunto“Bolsista Orientador – Seleção Pública Simplificada – Pronatec – Edital nº199/2013”, seguido do Campus de atuação.

O e-mail deverá conter a ficha de inscrição e o currículo vitae do candidato. É necessário também enviar as cópias do RG, CPF, comprovante de residência, diplomas e/ou certificados de graduação ou de pós-graduação legalmente registrados, assim como o termo de disponibilidade, com o horário/turno, e a autorização do órgão/instituição de origem para atuar no PRONATEC.

Acesse aqui o edital.

Acesse aqui a página com os anexos.

A carga horária de trabalho é de 12 horas semanais. O valor da bolsa é de R$36,00 por hora de trabalho.

Dentre as competências do orientador estão: acompanhar as atividades e a frequência dos estudantes, atuando em conjunto com os demais profissionais para prevenir a evasão e aplicar estratégias que favoreçam a permanência; articular as ações de acompanhamento pedagógico relacionadas ao acesso, à permanência, ao êxito e à inserção sócio-profissional; realizar atividades de divulgação junto aos demandantes, apresentando as ofertas da instituição; promover atividades de sensibilização e integração entre os estudantes e equipes da Bolsa-Formação; articular ações de inclusão produtiva em parceria com as agências do Serviço Nacional de Emprego(SINE); e prestar serviços de atendimento e apoio acadêmico às pessoas com deficiência.

 

*Patrícia Nogueira - Jornalista do IFPB / Reitoria / Ascom